O único tópico sobre o qual as pessoas em todo o mundo mais falaram no ano que acabou

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

[ad_1]

O início de um novo ano é frequentemente descrito como uma face de Jano, em homenagem ao deus romano dos fins e começos, que era representado com duas faces, uma olhando para o passado e outra olhando para o futuro.

Quando, com a cara de Janus, entramos em 2021, a palavra da qual nos lembraremos de ter ouvido e lido mais será, sem dúvida, “pandemia”. Essa palavra – e todos os termos associados a ela, coronavírus, Covid-19, máscaras, distanciamento social, auto-isolamento, bloqueio, WFH (trabalho de casa) – foi impressa no dicionário de nossas mentes por muito tempo. , se não para sempre.

A pandemia dominou o debate público, o discurso e a dissensão, expressos por pessoas como o presidente dos Estados Unidos Donald Trump e o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, descartando a maior ameaça que o mundo enfrentou em mais de cem anos: muito barulho por nada.

Longe de apagar as chamas do medo em torno do vírus mortal que, no final do ano, havia ceifado mais de 1,8 milhão de vidas, esses opositores que ocupavam altos cargos serviram apenas para tornar a pandemia predominante como tema de linguagem cotidiana, análise de especialistas e controvérsia política.

A lei econômica de Gresham de que o dinheiro ruim tira o dinheiro bom encontrou um paralelo verbal no domínio exercido por questões relacionadas à pandemia sobre todas as outras preocupações.

Até mesmo a incursão chinesa em Ladakh e outras violações da ALC foram incluídas, no gup-shup diário pelo menos, sob a rubrica geral da pandemia.

A bochecha desses camaradas! Primeiro dando o coronavírus para todo o mundo graças aos seus estranhos hábitos alimentares, e agora invadindo nosso território, sem pensar em distanciamento social! Espero que pelo menos usassem máscaras faciais e lavassem as mãos com frequência.

Leia Também  Alunos da Penn State mantêm vigília por um Taco Bell fechado porque a faculdade: theCHIVE

O fim do ano, porém, trouxe o primeiro vislumbre de um raio de esperança emergindo da escuridão do vírus. Várias vacinas para combater a Covid-19 estão supostamente a caminho, fornecendo a perspectiva de um novo vocabulário baseado na libertação, não no desespero.

Então, vamos todos nos desejar Feliz Ano Novo. E, talvez ainda mais importante, Boas Notícias.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Linkedin


aviso Legal

Este artigo pretende trazer um sorriso ao seu rosto. Qualquer conexão com eventos e personagens da vida real é coincidência.



FIM DO ARTIGO

[ad_2]

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br